Total de visualizações de página

Visitem também outros Blogs de seu interesse = Como: ===== Image and video hosting by TinyPic=====Image and video hosting by TinyPic=====Image and video hosting by TinyPic

Clik Noticias

Loading...
Quer sua Biografia aqui = escreva a sua e envie pelo contato que se encontra em baixo. 

sábado, 15 de novembro de 2014

Luiz Faria e Silva Neto

Luiz Faria e Silva Neto
Luiz Faria da Silva, nascido em Flórida Paulista, no interior do estado de São Paulo, no dia 05 de março de 1948, e Evaristo Cândido da Silva Neto, nascido em Pompéia, também no estado de São Paulo, no dia 05 de setembro de 1933.
Luiz Faria trabalhou durante 22 anos como supervisor técnico de frotas na D-Paschoal, empresa para a qual continua prestando serviços como autônomo. Evaristo é armador na construção civil e, dentre diversas atividades, trabalhou na construção da pista ascendente da Rodovia dos Imigrantes (que liga o Litoral Paulista à Grande São Paulo), na década de 1970.
Paralelamente às suas atividades profissionais, os dois irmãos se dedicaram à música caipira raiz e, além da interpretação em dupla, Luiz Faria também se mostrou um excelente compositor.
Os irmãos Luiz Faria e Evaristo gravaram em disco um total de apenas 17 músicas, que compõem o repertório de algumas faixas constantes em dois LPs de Festivais dos quais participaram, além da participação numa faixa do CD do Grupo Catira Brasil, e as 13 faixas do CD "Rio Formoso", lançado no início de 2004.

domingo, 12 de outubro de 2014

Lambari e Laranjinha:

Lambari e Laranjinha:
A dupla gravou o primeiro disco em 1942 pela Colúmbia, cantando, de autoria da própria dupla, as modas de viola “Caboclo Despeitado” e “Não Fui Feliz”. Em 1945, gravaram pela Continental as modas de viola “Corrida de Dois Córregos”, de Laranjinha, e “Mineiro da Mula Preta”, de Lambari. Em 1946, ainda pela Continental, gravaram a moda de viola “Boiadeiro de Mato Grosso”, de autoria da dupla, e o cateretê “Quatro com Quatro é Oito“, de Laranjinha.
 No mesmo ano, gravaram de Lourival dos Santos a moda de viola “Mula Queimada”. No mesmo período, a dupla se desfez e Laranjinha passou a fazer dupla com Zequinha.
Laranjinha e Zequinha:
A dupla formou-se no fim dos anos 40. Anteriormente, Laranjinha (João Falacci) formara dupla com Lambari. Em 1947, a dupla gravou seu primeiro disco, cantando as modas de viola “Meu Romance”, de Lourival dos Santos e Rielinho, e “Olguinha”, de Rielinho.
Em 1948, lançou de Geraldo Costa e Laranjinha o recortado “Entrei no Trem” e de Lourival dos Santos, a moda de viola “Rutinha”.

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Zé Belmiro e Paraguay

Zé Belmiro e Paraguay
Tudo começou, em 1994.
Zé Belmiro conheceu o atual parceiro Paraguay, quando este era calouro do programa do bolinha na Rede Bandeirantes.Formaram a dupla,sendo já 2 discos e 4 CDs nesta caminhada.Atualmente,divulgam o mais recente trabalho,o CD volume 6 -No Meio da Mulherada.O Segundo CD vem fazendo sucesso por toda Minas Gerais,destacando-se nas regiões do Vale do Aço,Norte de Minas,Zona da Mata,Sul de Minas e também no Leste de Minas.A faixa 12,'Os corações são iguais"é uma regravação da dupla.Música que foi gravada primeiramente pelo grupo Roupa Nova,esteve por diversas vezes como primeiro lugar da programação de música mais tocada na rádio Ipasom FM em Governador Valadares.A faixa 4,' Peão Espora de Ouro"lançou-se como música de trabalho,abrindo portas para as outras rádios,Paraíso FM en São Sebastião do Paraíso,sendo uma das mais tocadas. A faixa 2, "Lá vou eu" lançou o CD principalmente na rádio liberdade FM de Betim, na grande BH, e outros mais.

sábado, 27 de setembro de 2014

Tião do Carro e Santarém

Tião do Carro e Santarém
João Benedito Urbano (Tião do Carro) nasceu em Vargem Grande do Sul, no interior do estado de São Paulo, em 17 de janeiro de 1946 e faleceu no dia 28 de fevereiro de 2009, na capital paulista.
Formou dupla com Mulatinho, Talismã, Zé Matão, Odilon, Jackson Antunes, Pagodinho e Santarém.
Foi músico de estúdio durante muitos anos, tocando viola nos discos de Tião Carreiro e Rolando Boldrin.
Foi uns dos violeiros que mais gravou e criou ponteados em gravações de estúdio. Fez um disco em 1980 “Uma Viola na Saudade”.
Autor de belíssimas composições tais como "Capiau" (José Caetano Erba e Tião do Carro), "Francisco de Assis" (Tião do Carro e Caetano Erba), "Reza Povo" (Tião do Carro), "Garganta do Mundo" (Tião do Carro e Caetano Erba), "Amigo da Onça" (Zé Mulato e Tião do Carro), "A Mulher do Cachaceiro" (Moacyr dos Santos e Tião do Carro), "Bolha de Sabão" (Tião do Carro e José Caetano Erba), "Coração Redomão" (Tião do Carro e Moacyr dos Santos), "Cortina Dourada" (Tião do Carro e José Caetano Erba) e "Procissão de Gado" (Tião do Carro, José Caetano Erba e Xavantinho), entre outras.

sábado, 13 de setembro de 2014

Nelsinho e Diamante

Nelsinho e Diamante
Nércio Mosca, o Nelsinho, nasceu em Vargem Grande do Sul, no interior do estado de São Paulo, em 07 de março de 1929 e faleceu em Araraquara, estado de São Paulo, em 26 de agosto de 2006. 
Antonio Custódio, o Diamante, nasceu em Juruaia, no estado de Minas Gerais, em 27 de março de 1932 e, faleceu em 04 de janeiro de 2013.
Nelsinho cantava com Ditinho, isto até o ano de 1958, quando houve a separação.
A união de Nelsinho e Diamante ocorreu na Rádio Clube de Santo André. Passado alguns meses, nesta mesma emissora se tornaram efetivos.
A primeira música gravada pela dupla, foi "Zé Calabrês", em 1958. 

Companheiros

Lista de e-mails para envio com                                           
  = 10 =       20 = 40 =        50 e100 =       Milhões 


Image and video hosting by TinyPic



Free Traffic







Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic