Total de visualizações de página

Quer sua Biografia aqui = escreva a sua e envie pelo contato que se encontra em baixo. 

R

R-Sertaneja sempre ligada a Melhor Rádio de se Ouvir.

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

IAGO E JULIANO 31/01/12

IAGO E JULIANO
A dupla pai e filho do Brasil
Começando por Iago, pai de Juliano, que carrega consigo um vasto currículo artístico. No ano de 1991, com a ajuda do pai e do parceiro que tinha na época, gravou seu primeiro disco de vinil sendo produzido pelo maestro Pinóchio, que no fim serviu de grande experiência do que poderia vir pela frente.
Empresariado pelo amigo (Eraldo Antunes), Iago gravou seu segundo disco de vinil. Assim seguiu sem nunca desanimar de seu sonho. Como sempre, através de alguns amigos, Iago conheceu Augusto Liberato (Gugu). Gugu, sendo proprietário da Promoart, os contratou. Foi ai que Iago e Serginho Pinheyro foram batizados, pelo Gugu, de “Igor e Iago”.


Apresentados pelo próprio GUGU à presidência da gravadora Warner Continental vieram a dar ínício a mais um trabalho que se destacou em todo o Brasil com a música “Escravo do Amor”, uma versão de Serginho Pinheyro e Jefferson Farias.
Iago chegou a gravar 10 CDs, e um deles foi lançado até fora do país pela gravadora Vidisco de Portugal, com a música “Sentimento” do maestro Vicente Castilho e Darci Rossi em de 2001. Nesse mesmo ano destacou-se no Brasil ao regravar a música (do grupo Roupa Nova) “Os corações não são iguais”.
Pouco tempo depois, Iago resolveu seguir carreira solo como Iago Castro. Gravou um cd cujo nome era \\\\\\\ “A Cara do Brasil\\\\\\\", trabalho que se destacou mais no Norte e nordeste do país.
Juliano também, apesar de sua idade tem um currículo considerável pelo que já viveu.
Juliano sempre seguiu à risca todas as fases, fossem elas, boas ou ruins da vida artística de seu pai Iago.
Juliano começou a fazer parte da banda de seu pai e de seu amigo Sergio Pinheyro, como violonista e back vocal, chegou a trabalhar com o cantor \\\\\\\ “Camargo\\\\\\\", irmão de Zezé di Camargo, Juliano ja foi até garoto propaganda, atualmente a dupla é um dos garotos propagandas das lojas C&A.
Assim, seu talento foi se expandindo cada vez mais.
Agora o cantor e compositor Juliano resolveu dar um seguimento mais concreto em sua vida, formando com seu pai, uma dupla sertaneja que a meu ver, será uma das melhores do Brasil!!
Neste novo trabalho, produzido pela Gravadora e Editora NEKTAR MÚSIC, com distribuição para todo o Brasil, sob a coordenação do Diretor Artístico Eurico Felício, a Dupla IAGO & JULIANO promete trazer a seus fãs o melhor da música sertaneja, com ritimos dançantes, românticos e música raiz!

Tudo isso é o que faz de IAGO E JULIANO, A DUPLA PAI E FILHO DO BRASIL, a maior novidade no mercado fonográfico dos últimos anos!!

Na pequena cidade de Alto Pequiri, interior do Paraná, em 1967 nascia Carlos de Castro (Iago).
Aos treze anos de idade, começaram a perceber que Iago tinha uma grande vocação musical. Aos dezesseis, começou a cantar em parques e circos, no interior de Mato Grosso onde viveu durante anos.
Influenciado por parentes e amigos, Iago mudou-se para São Paulo, e foi ai que sua carreira artística começou.

No ano de 1991, com a ajuda do pai e do parceiro que tinha na época, produzido pelo maestro Pinóchio, gravou seu primeiro disco de vinil, que no fim servil de grande experiência do que poderia vir pela frente.

Empresariado pelo amigo (Eraldo Antunes), Iago gravou seu segundo disco de vinil. Assim seguiu sem nunca desanimar de seu sonho.
Como sempre, através de alguns amigos, Iago conheceu Augusto Liberato (Gugu). Gugu, sendo proprietário da Promoart, os contratou. Foi ai então que Iago e Serginho Pinheiro foram batizados, pelo Gugu, de Igor e Iago.
Apresentados pelo próprio Augusto Liberato à presidência da gravadora Warner continental vieram a dar início a mais um trabalho que se destacou em todo o Brasil com a música “Escravo do Amor”, uma versão de Serginho Pinheiro e Jéferson Farias. Contudo, foram ganhando grande credibilidade no meio artístico, tanto que logo vem um novo trabalho com o título \\\\\\\ “Esperando por ela\\\\\\\", cd lançado para todo o Brasil pela Paradoxx Misic

Iago chegou a gravar 10 CDs, e um deles foi lançado até fora do país pela gravadora Vidisco de Portugal, com a música “Sentimento” do maestro Vicente Castilho e Darci Rossi.
Nesse mesmo ano de 2001, destacou-se no Brasil a música “Os corações não são iguais”, regravação do grupo Roupa Nova, música que também se tornou tema da novela Roda da Vida da Rede Record.
Pouco tempo depois, Iago resolveu seguir carreira solo como Iago Castro. Gravou um cd cujo nome era \\\\\\\"A Cara do Brasil\\\\\\\", tralho que se destacou mais no Norte e nordeste do país.
Agora, com seu filho Juliano, formam a melhor dupla
pai e filho do Brasil.
\\\\\\\"Minha vida\\\\\\\" , é o título do seu mais novo CD produzido pela gravadora Nektar Music e Serrano Guardiã, com distribuição nacional pela distribuidora Estação CD.
São 12 lindas faixas, sendo onze inéditas e uma
Regravação, em ritmos românticos mesclado
Com músicas dançantes e música raiz. Tudo feito com muito carinho e profissionalismo, o que vem fazendo desses artistas - Pai e Filho- a sensação da música sertaneja.
Em 1988, na cidade de Pontes e Lacerda, Mato Grosso, nasceu Juliano Marques de Castro. Desde criança, Juliano é apaixonado por música, porém, até aos 16 anos de idade não pensava em seguir a carreira de seu pai. Contudo, Juliano sempre seguiu à risca todas as fazes, fossem elas, boas ou ruins da vida artística de seu pai Iago.
Entre os 13 e 14 anos, Juliano foi perdendo a timidez que tinha de cantar, foi ai que todos começaram a perceber seu grande talento musical. Incentivado pelo amigo de seu pai, o ex-astro do futebol brasileiro \\\\\\\ “Roberto Rivelino\\\\\\\", Juliano passou a levar a sério o dom que Deus havia li dado.
Seu pai, foi seu primeiro patrão, Juliano começou a fazer parte da banda de Iago Castro e de seu amigo Sergio Pinheiro, como violonista e back vocal, chegou a trabalhar também com o cantor \\\\\\\"Camargo\\\\\\\", irmão de Zezé di Camargo.
Assim, seu talento foi se expandindo cada vez mais.
Agora aos 18 anos, o cantor e compositor, formado em técnico em informática, web, mecatrônica, entre outros cursos que concluiu, resolve dar um seguimento mais concreto em sua vida, formar junto com seu pai Iago, uma das mais afinadas dupla sertaneja do Brasil.
Juliano aposta todas as fichas, nesta nova formação e neste novo CD, que ja vem sendo bem executado no interior do país com a música Crau e Tchau. CD produzido por pessoas competentes do meio, como André Carreiraz, Luíz Gabriel Jacob e Los Castillos.

\\\\\\\"Acredito muito em novidades, não basta apenas saber cantar ou ter um rio de dinheiro, para se fixar entre os melhores da atualidade é necessário ser original e inovador, creio que uma dupla Pai e Filho pode vir a ser uma Grande novidade no mercado Fonográfico.\\\\\\\"
IRAN E RANGEL
O NASCIMENTO DE UMA GRANDE PARCERIA
Em São Paulo, há mais de 10 anos, num churrasco entre amigos, moda de viola, em uma pequena conversa, ocorreu uma grande descoberta, a afinidade de duas pessoas e o gosto mútuo pela música sertaneja, daí então começou uma longa jornada para o sucesso da Dupla IRAN & RANGEL.

Depois de algum tempo de ensaios, iniciaram-se as apresentações da dupla, e o caminho natural levou-os a gravar o 1º CD.

Agora em seu 3º CD eles têm feito apresentações em programas de Televisão e em casas especializadas, onde são sempre muito bem recebidos e aplaudidos. Hoje a dupla dedica seu tempo em Shows, e divulgação de seu novo trabalho em Rádios, Televisão, Jornais e Revistas.

Em resumo, esta dupla não para, e o seu sucesso acaba acontecendo por causa de muito trabalho, dedicação, garra e sonhos buscados dia a dia.
O novo CD é composto de variedade de músicas e canções dos melhores e diversos autores do mundo da música sertaneja, bem como tem recebido inúmeros elogios, pela diversificação do repertório. Em seus Shows a dupla usa toda a versatilidade, procurando cantar o que o público quer ouvir, podendo passar do country ao rock, passeando por salsa, axé, romântico, entre outros estilos.
Graças a esta variedade de estilos e qualidade da dupla, eles têm agradado a todos, sendo calorosamente recebidos e elogiados por onde passam.
Desde pequeno, com seu pai, frequentava a folia de reis. Nesta época já começava a cantarolar, tomando gosto pela música. Começou a desenvolver seu talento, cantando em roda de amigos. Em 1985 veio para São Paulo, tocou em muitas casas noturnas, teve uma passagem pelo teatro, participando de uma peça profissional, mas sempre se dedicou à música sertaneja, e logo depois conheceu o Rangel.
Seu pai tinha uma dupla sertaneja.
Logo bem cedo percebeu que tinha vocação pela música. Chegou a fazer dueto com seu irmão. Depois de alguns anos veio para São Paulo, cantando em casas noturnas até conhecer o Iran.
BATISTA Telefone: (11) 9900-2799
E-Mail:  batista.producaosr@uol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário