Total de visualizações de página

Quer sua Biografia aqui = escreva a sua e envie pelo contato que se encontra em baixo. 

R

R-Sertaneja sempre ligada a Melhor Rádio de se Ouvir.

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Adriel e Samuel 26/04/12

Adriel e Samuel
dupla formada a 5 anos. Um Capixaba e outro Mineiro de Governador Valadares.
Saíram do Espírito santo para Valadares / MG e encontraram o lugar que valoriza a música sertaneja.
Cantam um repertório bastante sertanejo raiz e universitário e também músicas de autoria da dupla nos seus shows e aonde passam.
Gravaram um Cd com varias regravações e uma de autoria deles que é o título do cd que é (viver sem você).
Recentemente gravaram um Dvd com músicas próprias e algumas regravações. E como espelho eles tem duas grandes duplas sertanejas que os inspiram Chitãozinho e Xororó e Zezé di camargo e Luciano.
Biografia enviada por king


Fabio e Fabrício
 Conheceu-se por intermédio de um amigo em comum no ano 2000 em Brasília, e desse encontro surgiu uma das maiores revelações da musica sertaneja. Além de grandes compositores, tendo várias duplas sertanejas interpretando suas composições, entre elas a dupla, César Menotti e Fabiano, João Bosco e Vinicius, Jorge e Mateus, Juliano Cézar, Nechiville, são representantes da nova geração da Música Sertaneja que mescla country com o sertanejo moderno, tendo também grande capacidade para interpretação dos clássicos sertanejos e uma enorme empatia com os admiradores do gênero.
Fabio Viana é natural da cidade de Arinos, interior de Minas Gerais, chegou jovem a Brasília com sua família. Dono de um talento nato começou a cantar aos 7 (sete) anos de idade, ganhando vários festivais na região em que nasceu. Fabio é compositor, tendo várias duplas sertanejas interpretando suas composições,entre elas a dupla João Bosco e Vinicius
Fabricio nasceu no interior do Estado do Paraná, chegou a Brasília aos 18 anos, em busca de um sonho que era fazer uma dupla e de ser um grande compositor. Passo a passo está conquistando o seu espaço como compositor, como por exemplo, a musica ¨Vem me amar¨ já conhecida no cenário musical gravado pela dupla César Menotti e Fabiano, João Bosco e Vinicius e também pela banda Nechiville .
Biografia enviada por FVEF
Simão e Sabino
Simão - (Osvaldo Teixeira da Silva), nascido na Cidade de Franca – São Paulo, em 22 de dezembro, sempre gostou de música Sertaneja. Cresceu ouvindo as Duplas Sertanejas da época: Caçula e Marinheiro, Tião Carreiro e Pardinho, Pedro Bento e Zé da Estrada, depois de algum tempo mudou - se para São Paulo - Capital, onde conheceu o Sabino.
Sabino - (José Rodrigues de Arruda Filho), nascido em Tuparetama - PE, em 04 de junho, deixou sua Terra Natal e veio morar com sua família em Pereira Barreto - SP.
Teve como espelho as Duplas: Tião Carreiro e Pardinho e Zico e Zeca e outros que na época eram grandes Sucessos; Mudou - se para São Paulo, no ano de 1972, e no ano de 1974 gravou seu 1º Disco com o nome de Palante e Palestino, mas foi no ano de 1979, que freqüentando o Bar Café dos Artistas no Largo do Paissandu, que conheceu o Simão, e resolveram fazer Dupla, logo no primeiro ensaio perceberam que poderiam fazer sucesso, foi através do Produtor Hóracio Faustino, que os batizou como Simão e Sabino os contratou para a gravadora CBS, atualmente SONY, a qual ele era Diretor, gravaram o Primeiro Lp, onde destacou - se a música: O AMOR MAIOR DO MUNDO , e no Segundo Lp a música AMOR DE COROA , já com o nome destacado em todo Brasil, Foram contratados pela gravadora Fermata, mais dois Lps, foram gravados , no 1º Lp a música de destaque foi HOMEM PERDIDO e no 2º Lp foi o grande sucesso O DOUTOR E A EMPREGADA , devido a esse grande sucesso Simão & Sabino foram contratados pela gravadora Continental - Chantecler, pela qual as músicas que se destacaram foram á A FILHA DO PROFESSOR, MOTORISTA DO AMOR, DA PORTA PRA FORA e GANCHO DE MADEIRA, e pela gravadora Brasil Rural, foram lançadas as músicas RENÚNCIA e NAMORAR E CHUPAR CANA , com a produção de seu Diretor Mickael.
Simão e Sabino lançam Cd com os grandes sucessos da Dupla: incluindo o DOUTOR E A EMPREGADA e RENÚNCIA e uma música inédita: OLHA A MERDA QUE EU FIZ que foi produzido pelo Maestro Pinóquio.
Atualmente contratados pela Gravadora Pantanal Discos lançam CD com musicas inéditas, destaque para as musicas: O Amor e a Razão, Irracionais, O Maior Show do Mundo e Sentado na Varanda.
Depois de muitas viagens pelo Brasil ao passarem em Belo Horizonte conheceram o Acordeonista José Domingos de Souza (Roney) e o convidaram para fazer parte da Dupla.
Biografia enviada por J-alex
Sandro e Gustavo
Sandro começou a carreira na dupla, Sandro e Saulo e depois gravou um disco solo com músicas evangélicas. Há um ano começou a se apresentar ao lado do cunhado Gustavo Coutinho Borges, 30 anos.
Cunhados. Iniciaram a carreira em 1990. Lançaram CD no início de 2000 no "Programa do Faustão" na TV Globo, estourando a partir de então em todo o Brasil. O disco de estréia da dupla vem puxado pelo sucesso
"A Garagem da Vizinha", com letra de duplo sentido, trazendo ainda as inéditas e românticas "Prá Não Morrer de Amor", "Por Amor", e a regravação de "Prá te Esquecer Não Dá", de Zezé Di Camargo.
O primeiro disco vendeu mais de 150 mil cópias e trazia o sucesso “Garagem da Vizinha”, que foi regravado pelo forrozeiro Frank Aguiar, o que valeu para a dupla o primeiro Disco de Ouro. Em outubro gravaram um clipe.

Gustavo Borges é natural de Goiânia (GO). Cursou até o primeiro ano da faculdade de Direito, porém seu amor pela música falou mais alto.
Aos dez anos já cantava e tocava berrante em programas de televisão, fez inclusive uma apresentação no show do ídolo Sérgio Reis.
Sempre envolvido com a música sertaneja, Gustavo cantava abrindo show de amigos como: Mato Grosso e Mathias, César e Paulino, Bob e Robison, entre outros.
Gustavo ingressou na carreira profissional em 1987, quando formou a dupla Augusto e Gustavo, juntos lançaram quatro disco com sucessos regionais.
Em 1998, realizou nova parceria com o grande amigo Sandro formando a dupla Sandro e Gustavo. As músicas "Garagem da Vizinha" e "Imã" lançaram a dupla no cenário nacional com a conquista de disco de ouro.
Em 2000, Sandro, que fazia a segunda voz, contraiu hepatite C, vindo a falecer em dezembro. O cantor sertanejo Sandro Rogério Ferreira das Neves, 31 anos, da dupla Sandro & Gustavo, morreu na quarta-feira 13 vítima de hepatite C, no Instituto Neurológico de Goiânia. O artista descobriu há cinco meses que sofria da doença.
A dupla estava com o repertório pronto para iniciar a gravação do segundo CD.
Gustavo continuou a carreira solo, fazendo lançamento dessa nova etapa também no mesmo programa da TV Globo, onde a dupla se lançou.
Sem o parceiro de estrada, Gustavo partiu para carreira solo, e já no primeiro CD de estréia, que trouxe como música de trabalho "Pra Abrir Meu Coração", recebeu o Disco de Ouro pela vendagem histórica de 100 mil cópias.
O sucesso se repetiu também em 2005, no lançamento do segundo CD, com mais um Disco de Ouro, desta vez pela vendagem superior a 70 mil cópias.
O cantor sertanejo Gustavo lança CD e DVD, em 2008, comemorativos aos 20 anos de carreira. A festa aconteceu na Atlanta Music Hall e contou com a presença dos DJs Jarson e Péricles. Para presentear os fãs, haverá sorteio de três motos zero-quilômetro.
Os trabalhos relembraram sucessos antigos, como a música "A garagem da vizinha", além de trazer canções inéditas e algumas regravações, como Mistério, de Roberta Miranda, e A mais bonita das noites, sucesso na voz da dupla Chitãozinho e Xororó. A música
"Diversão" já é conhecida pelos goianos na voz da cantora Nila Branco, que, repaginada por Gustavo, virou sertanejo e é o carro-chefe do novo trabalho.
Biografia enviada por Elizabeth
Henrique e Diego
Parceiros na profissão e agora na vida, nascidos em Cuiaba – Mato Grosso, os amigos Henrique e Diego trilharam caminhos diferentes até se conhecerem, mas o amor pela música sempre os fez andar em paralelo.
A ligação com a música sempre foi muito forte, Diego gostava de cantar desde bem pequeno inspirado pelo avô maestro da Polícia Militar, aos 4 anos era puxador da Escola de Samba “ A Estrela do Oriente” onde seu avô era presidente.
Já na adolescência a dupla procurava o estilo que os faria brilhar e alcançar o sucesso; com 11 anos, Diego foi vocalista de uma banda de pagode chamada “Porque não”, mas os estudos fizeram o músico dar um tempo na carreira. Henrique por sua vez estudava em uma escola católica e começou a se envolver nas atividades culturais da igreja cantando no grupo de jovens, em menos de 5 meses aprendeu a tocar violão e teve a certeza do que queria na vida era mesmo cantar.
Decidido Henrique foi em busca de seu objetivo acompanhando o trabalho de outras duplas sertanejas e trabalhando em uma produtora. Já Diego focava sua vida em seus estudos, mas não deixava de lado sua verdadeira paixão à música.
Em 1998 Henrique foi convidado por alguns amigos a participar de uma banda de pagode chamada “jeito de ser”, no início atuou como músico assumindo pouco tempo depois os vocais do grupo; precisando de mais um integrante a banda saiu à procura de um novo músico onde encontrou Diego que estava apenas estudando e aceitou o convite do Henrique, esse foi o início de uma grande amizade entre Henrique e Diego. A banda fazia muito sucesso na região e os shows eram constantes, dentre estas viagens os amigos sempre se reuniam para cantar, tocar violão, compor o estilo predominante era a música sertaneja, grande paixão da dupla que ainda iria se formar.
Em 2005 em busca de vôos mais altos resolverem sair da banda e criar a dupla Henrique e Diego, era o retorno às raízes e a vitória do amor pela música, tudo isso aliado a muita luta e dedicação, vontade de vencer e alcançar de vez o sucesso.
Eles continuarão em busca do grande sonho o reconhecimento nacional, Curitiba e região já curtem a dupla que também se apresenta no interior do Paraná e em Santa Catarina e vem mais por aí, no início do próximo ano o lançamento do primeiro CD da dupla recheado de sucessos incluindo a grande febre de todas as festas a música “Experimenta”.
Biografia enviada por pollyfisio2010
Adriano e Anderson
Têm feito diferença nos shows sertanejos, por cada região que passam. Aliados com ternura e dedicação, a dupla tem contagiado o público e, além de se apresentarem com bastante vigor e emoção, trazem um repertório bem diferenciado, cantando desde sertanejo mais clássico, ao mais moderno (Universitário).
A dupla iniciou a carreira há cinco anos em Pompeu, Minas Gerais. Adriano, 27 anos, influenciado pelo seu tio que era músico, começou na carreira artística como músico de bandas, ao cantar no coro da igreja.
Anderson, 32 anos, por influência dos seus pais, se envolveu com a música ao cantar nos bares de Minas Gerais. Desde cedo, foi visível que a música caipira fazia parte das vidas desses dois mineiros que se espelhavam em grandes nomes da música sertaneja como Alan e Aladim, Gilberto e Gilmar, Gino e Geno, Tião Carreiro e Pardinho, dentre outros.
A dupla, Adriano e Anderson realizou três trabalhos, sendo que o primeiro CD entitulado “Nossa História”, foi produzido em Belo Horizonte, o segundo CD entitulado “Vontade de te Ver”, foi produzido pelo produtor Pinocchio, em São Paulo, e o terceiro CD entitulado “Sem amor não dá”, foi produzido em Belo Horizonte, pelo produtor Pinocchio e Fabinho Gonçalves.
O trabalho mais recente é o CD entitulado Adriano e Anderson Acústico ao vivo, com participação especial de César Menotti e Fabiano, Alan e Alex e Gisa Freitas, gravado em Pompeu, sendo produzido por Fabinho Gonçalves e Cristiano Caldas.
Em 2007 a dupla fez várias apresentações em Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Goiás, Mato Grosso, e gravaram a música “Adeus para nunca mais” em parceria com a dupla César Menotti e Fabiano. Participaram de shows com as duplas Bruno e Marrone, Edson e Hudson e Eduardo Costa.
Em 2008 a dupla passou por várias cidades de Minas Gerais, como Governador Valadares, Pompeu, Papagaios, Itabirito e Bom Despacho mostrando, nesta região, o melhor do sertanejo, e com todo carisma e humildade, se destacam cada vez mais no cenário da nova geração de duplas românticas.
Com todo carisma e dedicação, a dupla Adriano & Anderson vem conquistando grande espaço no universo sertanejo. Devido a isso, eles acabam de lançar mais um sensacional trabalho titulado “Sem amor não dá”.
O CD contém 16 faixas, com os maiores clássicos da autêntica música sertaneja, incluindo algumas regravações como “Ciúme Exagerado” e “Som e Imagem”. O novo álbum conta com as participações da dupla César Menotti e Fabiano com o grande sucesso “Adeus pra Nunca Mais”, e da cantora Gisa Freitas com a música “Agora sou Feliz”, que é um hino evangélico composto por César Menotti, Fabiano e Fábio Lacerda em agradecimento ao nosso Pai Eterno.
Esse trabalho foi produzido por dois ilustres membros do meio sertanejo, o grande amigo e maestro Pinocchio e Fabinho Gonçalves, que vem expandindo neste universo como uma das novas revelações do cenário sertanejo.
Biografia enviada por Elizabeth

Nenhum comentário:

Postar um comentário