Total de visualizações de página

Quer sua Biografia aqui = escreva a sua e envie pelo contato que se encontra em baixo. 

R

R-Sertaneja sempre ligada a Melhor Rádio de se Ouvir.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Mayck e Lyan 29/08/13

Mayck e Lyan
Mayck começou a cantar aos 3 anos de idade.
Seu pai, Wilson, o levava aos bares e aos restaurantes de Alta Floresta (MT), com música ao vivo, para que o filho pudesse dar uma “palhinha”.
A dupla começou, efetivamente, em 1996 quando Mayck estava com 7 anos e Lyan com 6. No início eles se apresentavam em casamentos, bares, restaurantes, escolas e festas regionais.
Lyan sempre teve um enorme fascínio por violas. “Ele não podia ver alguém tocando que ficava com os olhos fixos no instrumento. Ele ganhou uma viola aos 11 anos e rapidamente aprendeu a tocar.”, diz o pai Wilson Meira.


A dupla Mayck e Lyan se destaca pela qualidade da harmonia de suas vozes, jeito carismático de lidar com o público e de interpretar músicas raiz e pagodes (viola e violão). Mayck, de 16 anos, é dono de uma voz grave. Lyan aos 15 impressiona pela sua percepção musical na segunda voz e seu desempenho com a viola.
A carreira dos irmãos mato-grossenses é inspirada principalmente nos ídolos Tião Carreiro e Pardinho e Ronaldo Viola, ícones da música de raiz.

Biografia enviada por Temper

 João Victor & Ricardo
Em Fevereiro de 2008, como a própria dupla afirma, Deus preparou uma situação muito especial pra que João Victor e Ricardo se conhecessem e iniciassem uma grande amizade unindo três grandes forças nesse projeto: Marcos Mioto, Eleny Rucinski e Bruno (Bruno & Marrone) para serem seus empresários.
Sempre muito envolvidos com a música desde pequenos, João Victor aos 07 anos aprendeu a tocar os primeiros acordes de violão e abria shows na cidade de Salto de Pirapora/SP onde morava. Aos 12 anos começou a estudar violino no conservatório de Tatuí/SP. Com 20 anos formou-se radialista e trabalhou por algum tempo nas rádios da região de Sorocaba/SP onde nasceu e logo começou a cantar profissionalmente e gravou seu primeiro CD ao lado de um grande amigo, com o qual permaneceu em carreira musical por 12 anos. Foi nesse período que começou a compor e gravar com grandes artistas do cenário sertanejo, em seu primeiro ano como compositor (2002) surgiu nada mais nada menos do que o Grammy Latino com o sucesso cantado por ZEZÉ DI CAMARGO & LUCIANO intitulada “A FERRO E FOGO”. A partir daí sua carreira como compositor coleciona grandes sucessos gravados por diversos artistas renomados da nossa música como: Zezé di Camargo & Luciano (A Ferro e Fogo, Oh Trem Bão, Não dá mais) Bruno & Marrone (É Pra lá que eu vou, Foi Engano, Conselho, Seja Bem vinda, Vai Curtir Vai dançar, Essa história eu conheço, Amor de Balada, Pra não morrer de amor, Choro Choro, Coisa de Pele, e no mais recente CD/DVD - De Volta aos Bares, a obra: “Desliga”) e muitas outras inéditas em parceria com Bruno, Edson & Hudson (Assovia), Daniel (Quem Diria Hein, A Ferro e Fogo), Gian & Giovani (Dá Pra Ver No Seu Olhar, Porta Bandeira), Grupo Tradição (Um Anjo Apareceu), Luis Cláudio & Giuliano (Eu Sou Peão), Jayne (Uma Mulher Quando Ama, Sapateia), Chico Rey e Paraná (Eu te preciso), Felipe e Falcão e muitos outros.
Já Ricardo aos 09 anos aprendeu os primeiros acordes de violão, sempre cantando nas festas de sua cidade (Itapagipe – MG). Aos 14 anos mudou-se para São José do Rio Preto-SP para estudar e onde entrou para o coral do grupo de jovens MENINO JESUS DE PRAGA. Aos 17 anos mudo-se para a cidade de Uberaba - MG, onde cursou a faculdade de Odontologia e começou a cantar e tocar nos bares universitários da cidade aprendendo assim a tocar viola caipira, nessa ocasião Ricardo teve a felicidade de conhecer e tocar pessoalmente com o saudoso TIÃO CARREIRO e também conheceu e estreitou laços de amizade com a então desconhecida dupla BRUNO & MARRONE. Após a formação na faculdade, afastou-se da música e partiu para o Tocantins para exercer por alguns anos sua profissão de odontologia. Mas sentindo que a música batia forte em seu coração resolveu buscar seus sonhos de menino: profissionalizou-se como músico e cantor.
No ano de 2008 a dupla se conhece através dos amigos em comum Bruno (Bruno & Marrone) e do grande empresário Marcos Mioto. Deste modo, nasce a dupla João Victor & Ricardo que lançaram no final de 2008 o primeiro CD de carreira produzido por Juliano Raffan e com a Co-Produção da própria dupla que acompanhou cada detalhe do seu primeiro álbum.

João Vitor & Edson
A dupla João Vitor & Edson formada por dois irmãos da cidade de Lambari - MG, com um estilo diferente de todas as duplas já conhecidas no Brasil.
Donos de uma voz incomparável, Eles vêm se destacando no mundo da musica Sertaneja.
Agora com o mais novo sucesso "Virou Paixão" que veio para conquistar e tocar nos corações de todos os apaixonados do Brasil.
João Vitor & Edson, a Dupla que você vai ver, ouvir e se apaixonar !!!

João Wesley & Thiago

Thiago Nascido em Belo Horizonte no ano de 84 e João Wesley no ano de 86
cresceram no lar evangélico. Levados por seus pais e por seu avo materno desde criança cantavam no coralzinho da igreja. Aos nove anos de idade Thiago aprendeu a tocar sua primeira musica e a primeira composição dedilhada no velho violão de herança de seu avô. Cresceram e cantavam na igreja, fizeram parte de conjuntos e quartetos de sua denominação.
João logo despertou também o interesse por tocar o violão e assim aprendeu, despertando também o talento de ser compositor. De fato apos estes atos ficou assim determinado que nascera uma nova dupla sertaneja entre irmãos. Identificavam-se com as musicas sertanejas e crescendo o interesse passaram a ouvir ensaiar e tocar suas musicas preferidas.
E a trajetória da dupla começou cantando na porta de casa para os amigos e vizinhos, logo o primeiro convite para cantar num bar aconteceu e de lá pra nunca pararam, se apresentaram em varias festas,bares, festas de interiores de minas gerais. E continuam com o sonho e objetivo de cantar para o povo brasileiro, levando alegria aos corações sertanejos apaixonados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário